Menu

Novo encadernado: Cavaleiro Da Lua

O arco de Jeff Lemire à frente do Cavaleiro da Lua continua esse Mês na edição de número #5. É necessário dizer que Lemire está no mesmo nível de Aaron e Bendis no quesito de títulos da Marvel, o cara vem escrevendo vários personagens e TODOS em alto nível, Velho Logan e Cavaleiro da Lua meus preferidos.

Não é porque não faz sentido que não é verdade!!!

A viagem a loucura de Marc elaboradas pela mente do roteirista é sensacional, na edição anterior Marc e seus amigos parecem ter conseguido sair do sanatório que estavam reclusos.Nessa nova edição a história está ainda mais interessante, as duas personalidades de Marc (o taxista Jack Lockley e o empresário Steve Grant) ambos espécies de disfarce de Marc Spector agora se confundem numa mente doente, esquizofrênica do Cavaleiro da Lua. O personagem não consegue distinguir o que é real ou o que é fantasia. Ora um taxista, ora um empresário cineasta, e até mesmo um ser que luta no espaço!!! Mas essas “viagens” se entrelaçam entre si, do nada somos remetidos a ambientes totalmente inusitados, quase podendo sentir o desespero do Cavaleiro da Lua que tenta entender o que está acontecendo.

Aqui não temos um poderoso vilão tentando destruir a humanidade, nem Marc Spector perseguindo um assassino pelas ruas de Nova York, não, temos um herói lutando contra sua própria insanidade. O que é real? Eu estou louco? Minhas personalidades dominaram meu eu? Todas essas perguntas ficam no ar, e dão um clima de suspense e apreensão a história.

Os acontecimentos discorrem de forma natural, o taxista Jack realiza seu trabalho calmamente pela noite, quando do nada alguma coisa parece dar sinais de que algo está errado, o taxista agora está no espaço numa nave, ou está em Hollywood negociando um filme, tudo isso numa dinâmica genial. É muito louco o que Jeff Lemire faz com o Cavaleiro da Lua.

Logo no começo do quadrinho o produtor de cinema Steve Grant assume um contrato para fazer um filme do Cavaleiro da Lua, dizendo que a Marvel Studios negociou isso com ele, Grant não está muito otimista com a possibilidade do filme fazer sucesso, dizendo que o Cavaleiro é um personagem classe C e que só tinha aceitado esse projeto porque queria inserir temas reais como identidade, doenças mentais entre outras coisas, mas o filme estava se tornando um lixo, mais do mesmo, apenas mais um filme de heróis diz Steve. “As pessoas estão saturadas de filmes de heróis” diz Steve Grant. Perceba como Lemire consegue fazer algo diferenciado, seja como sátira ou crítica.

O que mais me impressionou nessa edição foram os desenhos mudarem drasticamente de estilo conforme a mente de Marc muda de personalidade, quando é um taxista a arte tem um tipo de traço e cor mas quando somos levados a personalidade de Steve a arte muda de forma total, juntamente com cores e traços, realmente algo digno de ser dito e apreciado.

Na última história ainda temos Moon Knight 2 de 1980, história clássica do personagem escrita por Doug Moench e desenhos de Bill Sienkiewicz. História muito boa por sinal.

A edição contém ainda Moon Knight de 6 a 9, com roteiros de Jeff Lemire e desenhos de Greg Smallwood, Francesco Francavilla, James Stokoe e Wilfredo Torres, contém 116 páginas e custa R$19,90.

Nota:9.

Apaixonado por hqs dos anos 70 e 80, e acredita piamente que homem aranha e x-men voltarão a ser quadrinhos de ponta...